{source}{/source} Pastoral da Criança - Alimentos ricos em proteínas e ferro

Tema: Anemia 

1495_alimentos_ricos_em_proteinas_e_ferro

Foto: Acervo da Pastoral da Criança

O ser humano precisa consumir diferentes nutrientes para manter e promover a saúde de seu organismo. Dentre estes nutrientes se encontram as proteínas e o ferro, os quais possuem diferentes funções no corpo humano. A falta de proteína e ferro na alimentação, especialmente durante a gravidez e a infância, traz inúmeros prejuízos, dentre eles a desnutrição e a anemia ferropriva. Pela importância desses nutrientes na saúde das pessoas, o consumo de alimentos ricos em proteínas e ferro deve ser diário. Para falar sobre o assunto, convidamos Caroline Dalabona, Nutricionista da técnica da Coordenação Nacional da Pastoral da Criança

O que são proteínas?

As proteínas são substâncias que exercem diversas funções no organismo. São tão importantes que fazem parte até da composição das células. Não existe processo no nosso organismo que não tenha uma proteína envolvida. Elas atuam, por exemplo, no transporte de oxigênio, na coagulação do sangue, fazem parte de enzimas, hormônios, anticorpos e da recuperação dos tecidos musculares. Enfim, as proteínas são essenciais no nosso corpo.

Qual é a importância do ferro para a saúde? 

Viva a VidaPrograma de rádio Viva a Vida
1495 - Alimentos ricos em proteínas e ferro - 18/05/2020


Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança.
Ouça o programa de 15 minutos na íntegra

       

O ferro é um mineral essencial para a vida e atua, principalmente, na síntese das nossas células vermelhas, que é o nosso sangue. O ferro faz parte do nosso sangue e um dos papéis dele é justamente o transporte do oxigênio nas nossas células do sangue.

Quais são os alimentos que contêm proteínas?

São vários os alimentos que são fontes de proteína, mas os principais são de origem animal. A gente pode destacar as carnes vermelhas, a de frango, os peixes e os laticínios. Leite, queijo, iogurte e os ovos também são uma fonte muito importante de proteína. Temos também as proteínas de origem vegetal, que vem de plantas, legumes e verduras. Dessas, a gente pode destacar, especialmente, as leguminosas, tais como feijão, ervilha, lentilha, soja entre outras; que possuem menor teor de proteína, mas também tem.

E quais são os alimentos ricos em ferro?

Os principais alimentos que contêm ferro são as carnes. Carnes em geral, mas em especial as carnes vermelhas e as vísceras, tais como fígado, rim e coração de qualquer animal. Tem também alimentos de origem vegetal que são ricos em ferro. Desses, a gente pode destacar os folhosos verde-escuros, com exceção do espinafre, que tem pouquíssimo ferro. O agrião, a couve, os cheiros-verdes e a taioba são alguns dos folhosos que são ricos em ferro. Além deles, tem também as leguminosas, tais como feijões, grão-de-bico, ervilha; e os grãos integrais, tais como nozes, castanhas, melado de cana, rapadura, açúcar mascavo. Esses alimentos de origem vegetal são ricos em ferro, mas precisam de algum alimento com vitamina C, seja limão, acerola, laranja etc; associados na alimentação.

caroline dalabina

Caroline Dalabona

Como é que uma família pode se alimentar bem, combinando os alimentos da cesta básica?

O arroz e o feijão, que são alimentos que compõem a cesta básica, são alimentos que fazem uma combinação perfeita em termos de energia, proteínas e ferro. Só no consumo de arroz e feijão a gente já tem uma riqueza de nutrientes muito grande. Aliado a esse consumo de arroz e feijão, um prato de salada com vegetais da época, que são mais ricos em nutrientes, e alguma carne com pouca gordura, preparada de forma saudável, torna esse prato bastante nutritivo. É importante a gente utilizar os alimentos da cesta básica, porque eles são essenciais, mas é importante também complementar, se possível, com alimentos da horta: vegetais, frutas, verduras e legumes.

O que a falta de proteína e ferro pode causar para a saúde da criança e da gestante?

A falta de proteína compromete o desenvolvimento do bebê durante toda a gestação e vai trazer prejuízos ao crescimento das crianças depois do nascimento. São crianças que futuramente vão sofrer desnutrição pela falta de proteína. A falta de ferro, tanto na gestação quanto na infância, vai provocar a anemia ferropriva, que prejudica o desenvolvimento do bebê no útero e compromete todo o crescimento, a saúde, e o desenvolvimento da criança após o nascimento. Por isso, é importante a gestante tomar o suplemento de ferro, que é distribuído gratuitamente nos postos de saúde, durante a gestação. Toda gestante precisa tomar esse suplemento devido à grande necessidade de ferro durante a gestação. Para os bebês acima de seis meses, a partir do momento em que eles começam a consumir outros alimentos, precisam também tomar o suplemento de ferro até os dois anos. Esse suplemento é distribuído gratuitamente nos postos de saúde.

Leia a entrevista na íntegra: 1495 - Alimentos ricos em proteínas e ferro (.PDF)

  

22º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável

“Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável”

 

E SDG Icons NoText 033º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável

“Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades”