{source}{/source} Pastoral da Criança - Voluntários e profissionais unidos pela saúde das gestantes e crianças

cacoal mutirao 1O município de Cacoal, em Rondônia (RO), é conhecido como a Capital do Café. Mas não é apenas o potencial agrícola que se destaca nesta região. Entre tantas atividades, o voluntariado da Pastoral da Criança está construindo um ótimo exemplo de como ampliar as orientações que são transmitidas nas capacitações e materiais educativos da instituição, por meio de iniciativas em conjunto com profissionais de saúde.

Além de realizar o Mutirão em busca das gestantes nas épocas sugeridas pela coordenação nacional, neste ano, a equipe da Pastoral da Criança passou a realizar encontros para reunir a gestantes e tratar dos principais cuidados durante os primeiros mil dias de vida (nove meses de gestação somados aos dois primeiros anos após o nascimento).

cacoal mutirao 3

“Fizemos parceria com o posto de saúde, que nos ajuda com palestras, principalmente nos quesitos aleitamento e parto normal. E usamos o material dos primeiros mil dias de vida”, conta Alessandra Gomes Temponi Andrade, que atua como líder da Pastoral da Criança há sete anos e desde 2012 também exerce uma função de coordenação em nível paroquial.

Trabalho em conjunto

Os encontros promovidos em Cacoal contam a colaboração do psicólogo Juareis Fernandes de Azevedo, que também é líder e multiplicador da Pastoral da Criança, de Donny Campos, que está cursando o último ano do curso de Medicina, e da enfermeira Michele, do posto de saúde.

Dra. Zilda

“O segredo e a alma da transformação não estão apenas no repasse do conhecimento de ações básicas de saúde, mas na vivência do amor de Cristo, que veio para dar a vida, a vida em abundância”.

Papa Francisco

“É Deus que dá a vida. Respeitemos e amemos a vida humana, especialmente a vida indefesa no ventre de sua mãe”.

“Sempre abrimos os encontros com uma oração em agradecimento a Deus pelo dom da vida. Nosso psicólogo Juareis, que é membro da Pastoral, nos presenteia com uma dinâmica e uma palavra de autoestima para as futuras mamães. Quanto ao Donny, ele é um voluntário que abraça a causa e palestra de forma divertida. As mães aprendem sem se cansar. Ele tira dúvidas e estimula as mães a fazer perguntas”, descreve Alessandra.

Nas reuniões entre os voluntários e as gestantes, há também lanche e sorteios de brindes e roupas de bebê – contribuição a partir da mobilização da comunidade pelos líderes, que não medem esforços para ajudar.

O primeiro encontro aconteceu no dia 14 de maio, na Paróquia da Sagrada Família, na comunidade de Santa Luzia. O segundo foi realizado em 23 de julho. “Temos em média 12 gestantes por encontro. Acho que tem sido positivo para os dois lados”, comemora a coordenadora.

cacoal mutirao 6Divulgando a importância dos primeiros mil dias

Cacoal (RO) possui quatro ramos da Pastoral da Criança, isto é, equipes de voluntários ligadas às paróquias locais. “Estamos fazendo encontro de gestantes em três deles, de dois em dois meses. Cada coordenadora organiza o seu, com suas coordenadoras de comunidade e líderes. No nosso ramo, temos sete comunidades e fizemos dois grupos: um de quatro e outro de três comunidades para os encontros, assim fica mais fácil para organizar”, explica Alessandra.

A coordenadora pontua que os encontros são divulgados pela rádio comunitária, destacando o dia e o local, para incentivar a presença das gestantes. Também são feitos alguns convites impressos, que são entregues em mãos.