A caminhada, realizada na terça-feira,16, foi fortalecida por voluntários que construíram a história da Pastoral da Criança nesta região. Há 25 anos dona Maria Salete Mota da Silva estava lá quando, seguindo orientação de freiras alemãs, começaram a distribuir filtros. Timbiras não tinha água, na época, tratada para todas as suas crianças.

 

“A água não era higiênica era do rio e ela visitando a comunidade achou, por bem, que se fizesse uma campanha de doação de filtros e isso aconteceu dentro das comunidades”, lembrou

Depois disso, outros 15 municípios que formam a Diocese de Coroatá foram criando suas pastorais. A caminhada Da última terça-feira comemorou os 25 anos do trabalho que tira crianças da desnutrição e salva vidas

REJUVENESCENDO

Entre as participantes, dona Jovelina Silva Cardoso já perdeu as contas de quantas crianças ajudou nos últimos 25 anos de sua vida como voluntária. A satisfação de vê-las crescidas e saudáveis, depois, rejuvenesce sua vontade de continuar.

“vale salvar vidas, vale ensinar muitas coisas que a gente não sabe de custo não muito caro e valeu a pena ser da pastoral da criança”, disse

Atualmente os números continuam favorecendo muita gente. A coordenadora, Maria Antonia Figuereiredo da Silva, explicou que são mais de 400 líderes voluntários, cerca de 7 mil crianças sob os cuidados da pastoral na Diocese (16 municípios) e quanto mais voluntários melhor.

“E a gente faz o convite à todas aquelas pessoas que queiram trabalhar voluntariamente, procure a pastoral da criança nos diversos municípios da diocese”, convidou Maria Antonia

A comemoração foi encerrada com uma missa campal no largo da Igreja Matriz, no centro de Timbiras.

 

Fonte: ACÉLIO TRINDADE - PORTAL CODÓ

Logo museu da vida horizontal 012

banner2

banner2

educacao etica3

Viva a Vida2

banner rouanet